RSS

FILME O IMPOSSÍVEL


Sinopse: O casal Maria (Naomi Watts) e Henry (Ewan McGregor) está aproveitando as férias de inverno na Tailândia junto com os três filhos pequenos. Mas na manhã de 26 de dezembro de 2004, enquanto curtiam aquele paraíso após uma linda noite de Natal, um tsunami de proporções devastadoras atinge o local, arrastando tudo o que encontra pela frente. Separados em dois grupos, a mãe e o filho mais velho vão enfrentar situações desesperadoras para se manterem vivos, enquanto em algum outro lugar, o pai e as duas crianças menores não têm a menor ideia se os outros dois estão vivos. É quando eles começam a viver uma trágica lição de vida, movida pela esperança do reencontro e misturando os mais diversos sentimentos. Um drama baseado em uma história verídica ocorrida com a família Alvarez Belón.

Direção: Juan Antonio Bayona.

Elenco Principal: Naomi Watts, Ewan McGregor, Tom Holland (II), Samuel Joslin e Oaklee Pendergast.

Boa diversão galera!



CURIOSIDADES:
1 - Muitos dos figurantes no filme, são sobreviventes do Tsunami de 2004.

2 - A família sobrevivente é composta por Enrique, Maria, Tomas, Lucas e Simon, e são de origem espanhola, mas já moraram desde o México até o Japão. No dia do tsunami, estavam de viagem na Indonésia, se separaram durante a onda e conseguiram se reencontrar. Maria ficou submersa na água por três minutos: “Eu podia sentir que estava sendo jogada contra paredes. Eu sentia elas tremendo e quebrando.” Hoje, estão todos bem, sendo que Maria amputou parte da perna e os três filhos escolheram carreiras que ajudam as pessoas.

3 - Os 05 sobreviventes da família Alvarez Belón não foram os únicos da trágica manhã de 26 de dezembro de 2004. Na indonésia, a sueca Karin Svaerd correu em direção à onda de 10 metros de altura aos gritos de meu Deus, meus filhos não!, ao ver o marido, Lars Erickson, e os 3 filhos, Anton, de 14, Filip, de 11, e Viktor de 10, desapareceram sobre a devastadora parede de águas do mar de Krabi. Após lutar pela vida ela se agarrou a uma palmeira, ainda na praia. Passou um tempo para se resgatada antes da segunda onda. Ao chegar a lugar seguro descobriu que o marido e os filhos estavam vivos.

4 - Veja um vídeo com as impressionantes imagens da devastação provocada pelo tsunami na Indonésia:


5 - Com ondas de dez metros, o tsunami de 2004 matou mais de 284.000 pessoas. Em 2011, um outro tsunami no Japão matou 15.878 pessoas e outras 2.713 ficaram desaparecidas.




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

25 comentários:

EM_BUSCA_ DA_VERDADE disse...

....Uhhhhhhh

Anônimo disse...

Muito emocionante esse filme,chorei muito vendo ele,super recomendo!

Pikachu Paraguarai disse...

Muitooo bom Joalensil,Eu ja assisti esse filme antes, mas vou vê-lo novamente.

Unknown disse...

Sensacional. Um filme que retrata bem o que as pessoas passaram na tragédia da Tsunami. Confesso que mesmo tendo acompanhado as notícias, na época, eu nunca tinha mensurado o quão difícil deve ter sido para os presentes na grande devastação da Tsunami. E esse filme me fez ter uma noção de como foram feito os resgates, apoio e acompanhamento médico de todos os sobreviventes ... Claro que o filme não se aprofunda muito e nos passa uma visão um pouco superficial do acontecido. Isso talvez se justificando pelo fato do filme focar basicamente apenas em uma família. Mas mesmo assim, não deixa de mostrar os angustiantes momentos passados pelas pessoas, e a dificuldade encontrada no caos causado pela Tsunami. Atuação esplêndida da Naomi Watts (Perfeita, Fenomenal, Épica) e do Tom Holland. E excelente atuação também do Ewan McGredor. Filme nos proporciona belas imagens e momentos de aflição ao extremo. Recomendado a todos os fãs de Cinema.

Anônimo disse...

Filme espetacular, baseado em fatos reais. Fala da sobrevivência de uma família ao tsunami. O filme inteiro, fiquei aprrensiva, chorei emocionada. Deus resgatou esta família.

Gabriel disse...

Emocionante, impactante, assustador, grandioso, triste...Este é para aqueles que tem coração forte e mesmo os mais durões, tenho certeza, podem derramar algumas lágrimas. Algumas cenas são até difíceis de ver, tão reais quanto um tapa na cara. Uma pena que não concorreu ao Oscar de melhor filme.

Anônimo disse...

Eu me emocionei muito vendo esse filme. Realmente faz jus ao nome, o que parecia impossível, tornou-se possível.

Anônimo disse...

filme espetacular.
chorei o filme inteiro, uma historia linda.

Anônimo disse...

O filme é perfeito do seu início até seu final,trazendo o máximo de realidade ao fato,e aproveitando muito o clima de tensão que nos faz viajar junto na emoção.

Unknown disse...

Não sou crítico de cinema, me propondo apenas a comentar os filmes que vejo. Prefiro sempre falar dos filmes que gostei ao invés de falar dos que não gostei, e também recomendar filmes não muito comentados mas que são bons, verdadeiras descobertas. O filme é na verdade uma produção espanhola, dirigido pelo mesmo Bayona do excelente thriller de suspense O Orfanato. Pois o filme teve uma recepção por parte da crítica internacional - incluindo a brasileira - totalmente polarizada. Enquanto alguns o receberam calorosamente, exaltando suas virtudes de um filme que celebra a perseverança do espírito humano em situações-limite, outros o receberam friamente, acusando-o de superficial, apelativo e inclusive de tentar faturar em cima de uma terrível tragédia que atingiu milhares de pessoas. Imagino, portanto, que não sendo nenhum spoiler, como se diz hoje, todos saibam que o filme trata do tsunami que atingiu a Tailândia e outros países vizinhos em 2004. Ao contrário do que se possa imaginar ao saber do filme, ele está longe de ser um típico cine-catástrofe ao estilo de Hollywood, porque a proposta aqui foi centrar-se em acompanhar a história real de uma família envolvida na tragédia. Diante disso, estamos diante daquela velha questão de enxergar o copo meio-vazio ou meio-cheio. Vou me colocar ao lado dos que viram O Impossível como um copo meio-cheio. Não acho relevante o fato de haverem alterado a nacionalidade da família, de mexicana para americana - uma das críticas recebidas - visto que o filme tinha pretensões internacionais, tendo por isso escalado para os papéis principais 2 famosos atores de Hollywood: Naomi Watts e Ewan McGregor. E diga-se de passagem não haveria melhor escolha visto que os 2 costumam sempre, e não foi diferente neste filme, se entregarem totalmente à interpretação, de forma apaixonada (é só conferir o desempenho de McGregor em Moulin Rouge ou O Golpista do Ano - I Love You Philip Morris e de Watts em Cidade dos Sonhos - Mulholland Drive - ou 21 Gramas). A surpresa, nesse aspecto, vem da interpretação do jovem ator estreante Tom Holland, no papel de Lucas, o filho mais velho do casal, que é merecedor de todos os elogios e prêmios que vem recebendo graças ao filme. O tsunami de 2004 é ainda bem recente, e praticamente todo o planeta acompanhou as cenas pelos noticiários de TV. Por isso, é realmente um trabalho técnico fenomenal a recriação através de efeitos visuais, que resulta em imagens desconfortavelmente realistas e impactantes. Mas este não é o foco do filme, que seria assim superficial e sensacionalista como alguns o acusam, porque na verdade o interesse humano dos efeitos da tragédia é na verdade o tom do filme. Também não senti que a trajetória da família para sobreviver caia em algum momento no caricato, piegas ou dramalhão meloso. O copo meio-vazio tem mais a ver com um sentimento que falta nos envolvermos mais com as personagens principais (que são na verdade reais), a ponto de digamos, torcer por elas, sofrer com elas, e vibrar por elas. Há também uma simples sucessão de fatos que parecem seguir uma lógica previsível e, portanto, sem a emoção da descoberta, aos olhos do espectador que acompanha o filme. No cinema, muitas vezes, o impacto maior vem do que não é mostrado, do que não é previamente conhecido. O espaço para alguma surpresa, na minha opinião, poderia vir da opção pelo roteirista em acompanhar após o tsunami a trajetória não de todos os envolvidos da família, mas apenas em Lucas e a mãe, deixando somente para o final revelar ao espectador o que sucedeu aos demais, resultando num final mais emocionante. Este é com certeza o demérito principal do filme: o seu roteiro, que teve - para o bem ou para o mal - a colaboração da Maria (personagem de Naomi Wats) da vida real. Talvez para completar a metade vazia do copo, O Impossível seja o caso de um filme que precisa ser preenchido com a experiência de vida de cada um que o assista, sua percepção da história e do filme e seu estado de espírito no momento de assisti-lo.

Anônimo disse...

Tá difícil ficar online no habbo sem emblema pra pegar. Não tem nada de útil pra fazer.

Roberta Santana disse...

Anônimo disse...
Tá difícil ficar online no habbo sem emblema pra pegar. Não tem nada de útil pra fazer.
21/08/16 14:55

HABBO.COM E HABBO.ES TEM UNS EVENTOS MASSAS
MUITO MELHOR QUE OS DO BR/PT

Anônimo disse...

legalzinho o filme

Anônimo disse...

o video que me deixo mais triste do que nunca animado
https://www.youtube.com/watch?v=nPd4JBfpLe0

Anônimo disse...

Joa depois que você começou na captura de Pokemon Go, andas muito ausente.

Anônimo disse...

Mais um de mts semanas sem eventosss

Anônimo disse...

filme triste e muito emocionante
vlw joa ;)

Unknown disse...

Anônimo disse...
Joa depois que você começou na captura de Pokemon Go, andas muito ausente.
21/08/16 18:35

JOALENSIL NAO ENTRA NO HABBO A 57 HORAS KKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

muito bom o filme :]

Anônimo disse...

Já que os fã sites estão suspensos, Joalensil está postando filme no blog para não parar de ganhar dinheiro com o habbonic c= BOA JOJO

Caian Silva disse...

Joalensil, sei que não tem nada a ver o meu comentário mas, auto click para upar poderes, da banimento ?

lindopaulo8 disse...

Cian, auto click não dá banimento eu uso e não vejo problema algum.

Caian Silva disse...

Valeu, eu estava muito preocupado rsrsrs

Anônimo disse...

Ainda esse trouxa joga habbo, kkkkkkkkkkk
Larga de ser a viciado, esse jogo não passa um joguinho de criança de 5 anos ate 10 anos kkkk
So trouxa como vc ainda joga infelizmente, meus pêsames!

Roberta Santana disse...

Staffs retiraram a janela dos fã sites do navegador oficial e ocultaram o novo quarto da Hall dos Fã Sites Oficial https://www.habbo.com.br/hotel?room=136237185

Postar um comentário